Educao e Cultura

EXEMPLOS

Estudantes de Pedro Afonso se destacam na redao do Enem entre as melhores notas do Tocantins

07/04/2021 17h36 - Atualizado em 07/04/2021 17h47
Estudantes de Pedro Afonso se destacam na redao do Enem entre as melhores notas do Tocantins
Hrika e Mrllon se dedicaram e foram bem no Enem

Henrique Lopes

Obter uma boa nota na redação não é tarefa fácil. Além de se dominar as palavras e as fórmulas gramaticais e ortográficas para a construção de um bom texto, é necessário dedicação para estudar os diversos temas que podem ser abordados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), prova de admissão à educação superior realizada pelo Ministério da Educação (MEC).

A dedicação aos estudos, mesmo em meio à pandemia de Covid-19, que tirou os alunos de dentro da sala de aula, aliada aos conteúdos aplicados pelos professores, uma rotina de leituras e produção textual, e entretenimento que pautassem assuntos e curiosidades atuais, foi a fórmula encontrada pelo estudante de Pedro Afonso Márllon de Sousa Reis, de 18 anos, que se destacou com uma nota de 960 pontos na redação do Enem 2020.

O estudante do Colégio Militar em Palmas contou que, apesar da rotina de estudos, ficou surpreso com o resultado da prova. "Eu não esperava uma nota tão alta. Eu sabia que minha redação tinha ficado boa, mas estava esperando uma nota em torno de 840 pontos”, revelou ao dizer que escrever foi uma dificuldade superada em 2020.

Com o resultado de 640 pontos na redação de 2019, Márllon focou nos pontos em que precisava melhorar para garantir um bom desempenho e, assim, submeter a nota ao curso de Medicina, carreira que o jovem estudante precisa seguir. "Em 2020 eu me dediquei mais à redação, pois vi que era algo que eu precisava melhorar. Minha professora de redação, Katielly, do Colégio Militar de Palmas, me ajudou muito. Estudamos a fundo o material do corretor divulgado pelo Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira] e ela estava sempre dando dicas e corrigindo o maior número de redações possível”, descreveu o aluno, que também teve um desempenho positivo nas avaliações que testaram o conhecimento nas demais áreas.

Sem abdicar dos momentos de lazer, o estudante aproveitou a diversão para se inteirar de assuntos e temáticas sociais que são retratadas em séries, filmes e livros. "É muito importante ter momentos livres. A gente não pode ficar sobrecarregado de tanto estudo, mas a maioria dos filmes e séries sempre trazem alguma crítica social e eu procuro entender essa crítica e relacionar com algum possível tema de redação”. Foi assim que o estudante ligou aspectos retratados da série da Netflix, “Os Treze Porquês”, que trata sobre suicídio, ansiedade, bullying e depressão, com a temática da redação.

Dedicação é a chave
“O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira" foi o tema da redação 2020, que também foi tirada de letra pela universitária, formada em escola pública de Pedro Afonso, Herika Bezerra Adorno, também de 18 anos.

Herica, que já colhe os frutos da dedicação aos estudos, ao cursar Engenharia de Alimentos da Universidade Federal do Tocantins (UFT), após a pontuação do Enem 2019, superou suas expectativas mais uma vez ao tirar 980 pontos na redação nesta edição.

Estudando sozinha em casa, por meio de cursos on-line, a estudante, que fez a primeira prova em 2018, tirando 465 pontos ainda quando cursava o segundo ano no Colégio Cristo Rei, viu a sua evolução por meio dos estudos se refletirem nas notas que passaram para 580 em 2019, e quase batendo os 1000 pontos em 2020. “Eu me dediquei ao máximo, mas assim como os demais estudantes, não esperava tirar uma nota tão alta”, contou feliz.

Com uma rotina de estudos universitários e trabalho, a jovem, que pretende usar a nota da prova para tentar ingressar no curso de Arquitetura e Urbanismo, aproveitava o período noturno para treinar a redação.

Sobre as abordagens aplicadas na construção da redação, tendo o tema proposto pelo Ministério da Educação, a jovem apostou nos conhecimentos técnicos que tratavam sobre saúde mental, mencionando aspectos como legislação e Constituição Federal, ausência de medidas governamentais, além de preconceito e a abordagem filosófica sobre o assunto.

"Na introdução, citei a Constituição Federal e seu artigo 6º, como o direito à saúde. Falei também sobre a depressão, citei dados estatísticos da Organização Mundial da Saúde [OMS] e, na conclusão, apresentei propostas sobre como solucionar os problemas”, detalhou Herika.

Enem 2020
De acordo com o Ministério da Educação, em 2020, o Enem recebeu 6.121.363 inscrições. Apenas no Tocantins foram mais de 58 mil inscritos. A nota média na redação foi de 588,74 pontos. O índice vai de 0 a 1000 pontos.

O Exame Nacional do Ensino Médio visa avaliar os estudantes que estão concluindo ou concluíram o ensino médio em escolas públicas e privadas do Brasil. Criado e aplicado pelo Ministério da Educação, por meio do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), o exame pode ser usado como porta de entrada para os jovens ingressarem no ensino superior. O resultado do Enem também pode contemplar o candidato com uma bolsa de estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni).