Cidades

ESTRATGIAS

Com poucas variaes, municpios apostam na vacinao e testagem para diminuir casos de Covid-19

05/04/2021 15h47

Parece que as medidas de combate à Covid-19 executadas pelos gestores municipais e secretarias de saúde começam a surtir efeitos. Os números de casos da doença diminuíram na última semana, após dias de crescimento da linha de contágio em quase todos os municípios da região.

Com a maior população e, consequentemente, a maior taxa de infecção, o município dade de Pedro Afonso, que possui aproximadamente 16 mil habitantes, viu os números saltarem de uma média de oito casos nos primeiros dois meses de 2021 para 47 casos ativos e 134 monitorados, nos dias 29 de março e 02 de abril, respectivamente, com uma média superior a 40 casos entre os dias 28 e 02 de abril. Já neste domingo, 4, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, o número de pacientes em tratamento é de 31 pessoas, enquanto 102 seguem sendo monitoradas.

Em Tupirama, cidade de três mil habitantes, o número também se manteve estável durante a última semana, com uma média de 10 casos ativos, de acordo com o boletim municipal.

Apesar de registrar a primeira morte em março desde ano, e Bom Jesus do Tocantins tem mantido os números de infecção pela Covid-19 em baixa. Segundo o último boletim divulgado, a cidade, de quase 5 mil habitantes, tem apenas três casos ativos da doença e 23 em monitoramento.

Medidas
Para tentar diminuir a curva de contágio em toda a região, as Secretarias Municipais de Saúde correm contra o tempo para viabilizar e implementar os planos de vacinação, que começaram a atender, nesta segunda-feira, 5, a faixa etária de 65 até os 69 anos de idade. Além de outras ações de monitoramento, como a testagem em massa, fiscalização e atendimento especial aos casos de Covid-19.

Em Pedro Afonso, a vacinação ocorre nas Unidades Básicas de Saúde Tenente Salustiano (antigo Sesp), Pedro Zanina (Setor Bela Vista I) e Seni Benício (Setor Aeroporto II). Outra ação é o atendimento exclusivo nas unidades básicas de saúde, no período da tarde, de pacientes com sintomas de gripe. “Ainda estamos aguardando os resultado dos exames para avaliarmos se de fato houve um aumento nos casos ou se é resultado da nossa nova estratégia de atendimento com foco em captação de pacientes com sintomas gripais nas unidades de saúde com atendimento exclusivo no período da tarde˜, afirmou a secretária de Saúde Kelma de Souza França ao destacar ações como a testagem em massa dos servidores público do município, trabalho que termina amanhã quando serão divulgados os resultados.

Já Cristiana Cleia Quitaiski, secretária de Saúde de Tupirama, destacou o trabalho feito pela equipe de saúde para amenizar os impactos da segunda onda do vírus. “Os números estão estáveis, mas não podemos descuidar. Por isso, a gestão implementou a testagem dos servidores, realizando média de 158 testes em servidores públicos municipais e duas vezes em servidores da rede estadual, totalizando cerca de 70 testes. Do total de 228 pessoas examinadas, cinco testaram positivo e cumpriram tratamento”, revelou.

Em Bom Jesus, a adesão à vacinação tem sido positiva, como avaliou o secretário Rui Lima. Para ele, o cumprimento das medidas da gestão em conjunto com a vacinação dos grupos prioritários têm garantido um número baixo de contaminações. "Concluímos a vacinação de toda a população acima de 70 anos e já iniciamos as dos idosos de 65 anos acima. Temos equipes atendendo aqui e também na zona rural. Essa mobilização e agilidade dos municípios, na execução das suas ações em prevenção a saúde, vão fazer com que o contágio diminua em toda a região”, acredita o titular da Saúde bonjesuína.

Santa Maria
O município de Santa Maria do Tocantins atrai atenção pela quantidade de casos ativos registrados no último boletim divulgado pela Secretaria, há uma semana, um total de 23 pessoas em tratamento, considerados casos ativos.

Sem um fluxo grande de pessoas, o município apresenta casos superiores à estimativa de cidades do mesmo porte, com cerca de 3 mil habitantes. Outro questionamento sobre os dados do município é a ausência da divulgação periódica do boletim municipal, sendo que a última atualização ocorreu no dia 30 de março.

A reportagem do Portal CNN tentou contato com a Secretaria de Saúde do município, mas até o fechamento desta reportagem não teve retorno. O espaço segue aberto.