Segurança e Justiça

TIRO PRA CIMA

Madrugada em Pedro Afonso tem perseguição e prisão por porte ilegal de arma de fogo e outros crimes

22/10/2021 08h42 - Atualizado em 16/11/2021 10h08

A madrugada do dia 22 de outubro foi agitada em Pedro Afonso, com direito a tiro para o alto e perseguição policial.

Tudo ocorreu quando uma equipe do 3º BPM foi atender uma ocorrência no centro da cidade após uma pessoa ligar no telefone 190 e informar que um homem, que não teve o nome divulgado, teria disparado um tiro para cima. No local, ao tentar abordar o autor, o mesmo fugiu conduzindo um veículo modelo MMC/Asx 2.0 AWD CVT em alta velocidade.

Depois disso, o homem voltou ao mesmo lugar, na Rua José Brandão, onde minutos antes havia disparado a arma de fogo. Lá, ao ver a chegada dos policiais militares, ele jogou a arma embaixo do carro.

Em seguida foi dada voz de prisão ao infrator, que estava em visível estado de embriaguez e agitado, e localizado um revólver cal. 38 com a numeração raspada, além de três munições intactas e uma deflagrada.

Durante a prisão em flagrante, a guarnição do 3º BPM constatou os seguintes crimes: porte ilegal de arma de fogo; disparo de arma de fogo em via pública; embriaguez ao volante; conduzir veículo com restrição judicial e dirigir com a carteira nacional de habilitação (CNH) vencida.

Foi necessário algemar o suspeito já que ele estava bastante agitado e questionando a ação policial.

O suspeito foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Pedro Afonso para as procedimentos legais. A reportagem do Portal CNN apurou que o delegado plantonista arbitrou uma fiança no valor de R$ 3 mil para liberar o infrator.

NOTA DA REDAÇÃO
De acordo com o que exige a Lei Nº 13. 869, de 5 de setembro de 2019), em vigo desde janeiro de 2020, as Polícias Civil e Militar não podem mais divulgar identidades e imagens de pessoas detidas, nem mesmo fotos de costas ou iniciais dos nomes. 
 

VEJA TAMBÉM: